O que determina o “sucesso profissional”?

Empreendedorismo, Profissional S/A - Cartórios

O objetivo comum da grande maioria dos profissionais ativos, independentemente do setor de atividade, é alcançar o sucesso.
Mas qual sucesso é esse? Bem, a questão aí toma caminhos diversos.

Pesquisas sobre o tema demonstram que os indicadores de sucesso variam em função da época, da diversidade cultural, dos interesses pessoais ou familiares, da situação da economia dentre muitos outros fatores. Textos, artigos e debates aparecem na mídia com abundância sobre as percepções, recomendações e programas relacionados ao sucesso profissional.

Devemos considerar que o sucesso profissional tem a sua temporalidade. Ao longo da história da humanidade, o que já foi considerado sucesso em outras épocas – ou no tempo de nossos pais e avós, – não tem hoje o mesmo sentido.

Nos cartórios extrajudiciais não é diferente, pois o que determinou o sucesso de uma serventia no passado, é bem diferente se comparado aos tempos atuais. As tecnologias digitais disponíveis, por exemplo, têm provocado mudanças profundas nos processos de trabalho, na eficiência dos serviços e no grau de satisfação dos clientes. O significado de sucesso para o tabelião ou registrador, abrange desafios e percepções específicas em cada fase do nosso ciclo de vida.

A atitude é sempre a principal força para determinar o sucesso ou o fracasso do indivíduo no ambiente corporativo.

O que determina o “sucesso profissional”?

Ayrton Senna pilotando o McLaren MP4/4

Quando pessoas são questionadas sobre o que consideram determinante no sucesso profissional, recebemos como respostas frequentes:

  • Ter condições de adquirir bens materiais, conquistar riqueza pessoal;
  • Receber reconhecimento pelos conhecimentos e habilidades nos esportes, nos negócios, nas artes, por exemplo;
  • Ter valor e prestígio no mercado;
  • Proporcionar conforto familiar;
  • Ter vários diplomas, titulações, trabalhos publicados;
  • Viver com qualidade, equilibrando vida pessoal com atividade profissional.

A lista é extensa. A questão que determina o sucesso profissional é pessoal, tem, portanto, sua subjetividade e especificidade. Um plano de carreira estruturado com objetivos e metas, certamente tem importância na trajetória de carreiras bem-sucedidas, no sentido da suposição do que é o sucesso para cada indivíduo. Se você perguntar a um coach o que determina o sucesso profissional, ele provavelmente responderá que alcançá-lo dependerá do desenvolvimento de algumas técnicas para despertar o potencial da pessoa.

Ao leitor que está lendo o texto até aqui, eu gostaria muito de deixar neste início de ano, algumas dicas sobre os segredos do sucesso. Então, noto em conversas sobre o assunto, que pessoas bem-sucedidas sabem ou souberam, em algum momento do ciclo de suas vidas, combinar foco nos objetivos com persuasão, disciplina – e muita energia, muito trabalho – no sentido de seus desejos e aspirações.

O que considero sucesso profissional para mim? Quais ações devo empreender nesse sentido? Onde quero estar? Em qual data? São perguntas a responder aos que almejam trilhar o caminho do sucesso.

Interessante perceber que pessoas bem sucedidas interpretam os solavancos desse caminho de forma saudável e feliz. Particularmente, a partir da pesquisa que fiz entrevistando profissionais de sucesso, todos eles, sem exceção, declararam que o fator sorte em alguns momentos, contribuiu com o sucesso alcançado. Curioso, não é?

Conversando com um amigo, profissional de grande sucesso, ele comenta o seguinte: “O que determina o sucesso profissional, é a sua capacidade de abandonar a zona de conforto, geralmente desconfortável, e buscar o apoio de pessoas e ambientes que sejam proativos e positivos”, aconselha. No final da conversa, solta uma pérola: “No caminho do sucesso, ajuda muito lembrar que ao longo da caminhada o que se leva da vida é a vida que a gente leva”.

Em outra conversa, na sequência à minha pesquisa, o depoimento de um tabelião experiente da cidade de Goiânia contribui com nossa reflexão:

“O amor pela profissão é uma característica indispensável para o sucesso profissional, o zelo, o comprometimento e a organização também contribuem de forma significativa, principalmente na atividade notarial e registral, onde trabalhamos com o público e temos o dever de orientar e prestar um serviço de qualidade para as pessoas que tanto confiam no notário e registrador. Diante dessa metodologia de trabalho, o sucesso passa a ser uma mera consequência de nossos atos e conseguimos alcançar uma realização profissional plena”, explica Antônio do Prado, tabelião e registrador há mais de 60 anos na cidade de Goiânia.

Vale comentar que pessoas empreendedoras bem-sucedidas, encaram o sucesso como uma jornada e não um destino. Elas têm em comum a capacidade de recomeçar após um erro, engano ou fracasso. O desejo de alcançar o sucesso é tão forte, que a pessoa se levanta, reanima e vai para frente.

Seu sucesso profissional vai fazer diferença no mundo?

Se a resposta for sim, siga em frente, com foco, energia e acreditando no melhor.

Até nosso próximo encontro, um abraço.

Por Gilberto Cavicchioli
Consultor de empresas e professor da ESPM, FGV e Senac, realiza palestras motivacionais e consultoria, coordena o site profissionalsa.com.br, é autor dos livros: ‘O Efeito Jabuticaba’ e ‘Cartórios e Gestão de Pessoas: um desafio autenticado’.

Publicado originalmente no Jornal do Notário – ANO XXI – Nº 189 – JAN/FEV – 2019, pgs. 28 e 29

WhatsApp chat